Foi entregue na manhã desta sexta-feira, 23, pela Superintendência Especial de Recursos Hídricos e Meio Ambiente – SERHMA, três notebooks, um para cada comitês de Bacia Hidrográfica de Sergipe. Os aparelhos foram adquiridos com recursos oriundos do Programa Nacional de Fortalecimento dos Comitês de Bacias Hidrográficas de Sergipe (Procomites).

O superintendente de Recursos Hídricos e Meio Ambiente, Ailton Rocha disse que a entrega dos equipamentos vai ajudar ainda mais nas ações dos comitês em favor dos rios que cortam o estado. “Nosso propósito é fortalecer a governança e fornecer o suporte necessário para os comitês trabalharem, outros equipamentos serão fornecidos posteriormente para ajudar ainda mais”, disse.

O diretor do departamento de planejamento e gestão participativa da SERHMA, Marcos Ribeiro Leite, explica que essa era uma demanda antiga dos comitês. “Eles solicitavam melhor estrutura para desenvolver suas atividades, vai servir para serem utilizados em atividades inerentes aos comitês, alimentar os formulários exigidos pela Agencia Nacional das Águas (ANA), atualizando relatórios, fazendo prestação de contas. Além desses equipamentos, outros estão sendo adquiridos para ajudar no trabalho e dia a dia dos comitês (caixa de som, microfone, material para escritório).

Os notebook foram um para o comitê da bacia hidrográfica do rio de Sergipe, outro para a bacia hidrográfica do rio Piauí e o outro para a bacia hidrográfica do rio Japaratuba. Durante entrega, os representantes assinaram o termo de responsabilidade pelo material.

O presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Japaratuba, José Jorge, recebeu o notebook. “A partir dessa entrega a gente se abre ao novo ciclo, uma nova fase com a pandemia se instalou, onde estaremos trabalhando mais de forma remota e virtual e então houve ainda mais a necessidade de ter esse esse equipamento para agregar as ações do comitê, pois nós não tínhamos essa ferramenta. Agora daremks um ‘upgrade’ dos nossas ações, sendo um instrumento e ferramenta de trabalho importante para o comitê”, pontua.

O Presidente do comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Sergipe, Marcos Lázaro, falou da utilidade do equipamento. “Vai servir como uma ferramenta a mais não só para diretoria, mas para todos os membros do comitê usarem em benefício das ações do comitê. Vai agregar qualidade no nosso trabalho”.

Esteve presente ainda, Luiz Carlos, presidente do Fórum Sergipano de Comitês de bacias hidrográficas de Sergipe.