Com o tema “Gestão participativa nos Sistemas com o foco na Saúde e Educação, por meio da distribuição de água de qualidade", o IV Encontro Estadual do programa Água Doce, foi realizado na cidade de Tobias Barreto e reuniu 200 participantes de nove municípios e as 30 comunidades que compõem o programa Água Doce em Sergipe.

Entre os presentes estavam operadores e gestores técnicos dos sistemas, prefeitos e secretários municipais. “Hoje distribuímos mais de 17 mil litros de água potável em nove municípios, atendendo 33 comunidades que recebem água para consumo oriunda de poços artesianos que hoje atendem não só as comunidades, como também postos de saúde e escolas do seu entorno", explica Marcos Cézar, coordenador Estadual do Programa Água Doce- PAD-SE.

Durante o evento foram deliberadas as diretrizes do Programa Água Doce em Sergipe para 2020. Além disso, foi feita a escolha dos delegados que representarão o Estado de Sergipe no VIII Encontro Nacional que acontecerá em Natal de 27 a 29 de novembro próximo, além de apresentar o Plano Estadual de 2020 a 2029. ?No próximo plano que passa a vigorar a partir de 2020, pretende-se implantar mais 55 sistemas?, completa Marcos Cezar.

Foram 9 municípios sergipanos e 33 comunidades beneficiadas pelo PAD. Os municípios são Canindé de São Francisco, Monte Alegre, Poço Redondo, Carira, Nossa Senhora da Gloria, Tobias Barreto, Porto da Folha, Simão Dias e Poço Verde.

O PAD

O Programa Água Doce visa estabelecer uma política pública permanente de acesso à água de boa qualidade para o consumo humano, promovendo e disciplinando a implantação, recuperação e gestão de sistemas de dessalinização ambiental e socialmente sustentáveis. O programa busca atender, prioritariamente, as populações de baixa renda residentes em localidades rurais do semiárido.

 

  Fotos