“Moro no Povoado Alagadiço, em Frei Paulo, passo por aqui pelo menos uma vez por semana e já dá para notar a diferença, a rodovia está bem melhor do que antes, pois ganhamos muito tempo durante as viagens”. A declaração do motorista Gabriel Silva, 21 anos, faz jus ao atual estado da Rodovia SE-170, no trecho entre os municípios de Campo do Brito e Lagarto, respectivamente nos Territórios Agreste Central e Centro-Sul Sergipano.  

Realizada pelo Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (Sedurbs), a obra faz parte do Programa Pró-Rodovias I, que por sua vez integra o Avança Sergipe, cujo objetivo é promover a aceleração econômica prejudicada pela pandemia da Covid-19, e tem investimentos de R$ 15.136.042,94.

A execução dos serviços

A intervenção corresponde a reestruturação de 28 km do trecho entre os dois municípios e que receberão os serviços de reciclagem, camadas de base, imprimação, aplicação da camada asfáltica, totalizando 24 mil toneladas e por fim as sinalizações vertical e horizontal.  

Segundo o secretário estadual do Desenvolvimento Urbano, Ubirajara Barreto, os trabalhos se mantêm céleres. “Dos 28,16 km do trecho que faz parte da rodovia, já foram reciclados 18 km, aplicada a primeira camada asfáltica em 14 km e executados 20% dos serviços de drenagem. Atualmente dispomos de 40 profissionais em duas frentes de trabalho que dão continuidade aos serviços de drenagem e aplicação da primeira camada asfáltica em trechos já imprimados”, explica.

Segurança

Residente na cidade de Lagarto, Charles da Mota, diz que a situação da rodovia é completamente diferente. “Havia muita reclamação, pois o estado das pistas era muito ruim. Agora já notamos a diferença, está mais fácil trafegar, rápido e seguro para se deslocar entre os municípios, sem contar que o bolso agradece, pois diminuímos a frequência dos veículos nas oficinas”, afirma o vigilante de 35 anos.

Para Ubirajara Barreto, a obra será fundamental para o avanço do desenvolvimento econômico. “O Governo do Estado pensou de forma macro, pois a reestruturação desse trecho, contempla toda a SE-170 entre Itabaiana e a divisa com o Nordeste da Bahia, precisamente no município de Itapicuru, uma vez que em todo esse percurso a via está sendo recuperada, com os trechos entre Itabaiana e Campo do Brito já em fase de conclusão, bem como entre Lagarto e Riachão do Dantas e entre Riachão e Tobias Barreto, sem contar na duplicação de 2 km na entrada de Lagarto, o que garante mais segurança e fluidez na trafegabilidade entre importantes municípios dos dois territórios”, enfatiza.