O Governo de Sergipe, por meio do Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária de Sergipe (DER/SE), recebeu, nesta quarta-feira, 18, representantes da Associação Brasileira dos Departamentos de Estradas de Rodagem (Abder) para a primeira visita técnica destinada à organização do 26º Encontro Nacional de Conservação Rodoviária (Enacor) e da 49ª Reunião Anual de Pavimentação (RAPv), eventos que acontecerão simultaneamente em Aracaju, em 2024. A visita técnica com as comissões organizadoras em níveis nacional e local continua nesta quinta-feira, 19, com a presença do vice-governador Zezinho Sobral. 

Considerado o maior evento de infraestrutura de transportes do Brasil, o Enacor reúne profissionais de todo o país para discutir as principais tendências e desafios da área, e conta com a participação de pesquisadores, especialistas renomados, estudantes de universidades, representantes de empresas públicas e privadas, órgãos públicos, organizações e associações. Estima-se a participação de dois mil visitantes durante os três dias do evento.

Comitiva in loco

O diretor-presidente do DER/SE, Anderson das Neves, explicou a importância do evento para Sergipe. “O Enacor é um dos mais atrativos eventos de infraestrutura viária do nosso país, unindo experiências técnicas às pesquisas científicas e congregando amplo fórum de especialistas dos segmentos rodoviário, aeroportuário e ferroviário, além de promover uma das maiores feiras de equipamentos e expositores. É muito importante acompanhar in loco os locais nos quais acontecerão o evento aqui em Aracaju. A estimativa é de, aproximadamente, dois mil participantes de todo o Brasil e do exterior, e isso vai ser muito importante para o nosso estado, pois vai valorizar a gastronomia, o turismo e a cultura de Sergipe”, enfatiza.

Para o secretário de Estado do Turismo, Marcos Franco, a recepção dos representantes nacionais do Enacor 2024 junto com a comissão local é um importante momento para desenvolver todo o processo de montagem do evento, cuja expectativa é atrair milhares de visitantes para Sergipe. “Estamos muito felizes e focados em, somados ao DER/SE, fazer um grande evento. No próximo ano, na data prevista para o Enacor, esperamos que o estado receba bem todos os visitantes e que eles possam gerar divisas, receita para Sergipe, pois é um público que consome bastante, não apenas passeios e serviços turísticos, mas, também, outros tipos de bens”, avalia.

Segundo o vice-presidente da ABPv, Cássio Alberto do Carmo, a visita em conjunto com a Abder é importante para definir todas as questões locais, como estrutura e o programa inicial que está projetado. “Esperamos um público grande de, aproximadamente, duas mil pessoas ou mais, e isso, para o estado que vai sediar [o evento], é importante, pois injeta [recursos] na economia local, movimentando a rede hoteleira, restaurantes, bares, o pessoal do artesanato, e gera um desenvolvimento muito interessante”, destaca. 

Na opinião do presidente do DER/DF e da Abder, Fauzi Nacfur, está sendo um prazer estar em Sergipe para iniciar o processo do próximo Enacor. “Vocês têm uma responsabilidade enorme em 2024, pois o estande de Sergipe no Enacor e na RAPv deste ano, em Foz do Iguaçu (PR), foi um dos mais bonitos e fez muito sucesso. Demonstrou a vontade de Sergipe em fazer esse evento muito bem-feito”, avalia.

A comissão organizadora nacional do 6º Enacor e da 49ª RAPv que está na capital sergipana é composta pelos seguintes representantes da Abder e da Associação Brasileira de Pavimentação (ABPv): Fauzi Nacfur Junior, presidente do DER/DF e da Abder; Rui Corrêa Vieira, superintendente executivo da Abder; Maurício Theodósio Mattos Marques, secretário geral da Abder; Paulo Roberto Almeida Araújo, da Abder; Cássio Alberto Teoro do Carmo, vice-presidente da ABPv; Georgina Libório Azevedo Braga, da ABPv; e Carlos Magno, do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro).