Em seis territórios sergipanos tem máquinas e homens trabalhando nas rodovias estaduais, com o objetivo de minimizar os transtornos sofridos pelos condutores de veículos que trafegam pelo estado. É o trabalho da operação Tapa-buraco, criada pelo Governo de Sergipe em 2019 para dar manutenção as rodovias já desgastadas pela ação do tempo, recuperando parte da malha viária que não passa por reestruturação, para melhorar as condições de trafegabilidade e garantindo a segurança de todos.

Realizados pelo Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento e Sustentabilidade (Sedurbs), tendo o Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária de Sergipe (DER/SE) como órgão executor, os serviços atualmente beneficiam em 11 municípios de seis territórios sergipanos.

No Território da Grande Aracaju os trabalhos contemplam a Rodovia dos Náufragos (SE-050) e o trecho entre a BR 101 e a cidade de Laranjeiras (SE-160). Já no Território Leste Sergipano, os operários executam as atividades entre os municípios de Capela e Nossa Senhora das Dores (SE-339), enquanto no Território do Alto Sertão, eles trabalham em diversas vias da cidade de Nossa Senhora da Glória.

No Baixo São Francisco, a operação atua entre a BR 101 até o município de Japoatã (SE-335) e ainda, entre Japoatã e Pacatuba (SE 204).

No lado extremo do Estado, os condutores que trafegam entre as cidades de Arauá e Itabaianinha já sentem os efeitos positivos proporcionados pela operação na SE-160. Um pouco mais acima no Território Centro Sul, as ações prosseguem entre o município de Lagarto e o Povoado Brasília (SE-459).

Além da Operação Tapa-Buraco, o DER executa outras ações para facilitar o tráfego, a exemplo da limpeza às margens da Rodovia SE-100 no Acesso à Praia do Saco, no litoral do Território Sul Sergipano.