O ano de 2023 foi marcado por um nítido avanço na infraestrutura de Sergipe, impulsionando não apenas o desenvolvimento econômico, mas também promovendo uma significativa melhoria na qualidade de vida da população. Os esforços coordenados pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Infraestrutura (Sedurbi) e pelo Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária de Sergipe (DER/SE) resultaram na reestruturação de mais de 628 km de rodovias, deixando um legado de mobilidade e acessibilidade, que ainda pretende se estender pelos próximos anos.

“Estes números não representam apenas estatísticas, mas sim um reflexo evidente do trabalho conjunto de todos os envolvidos no governo estadual. Assumimos o compromisso em melhorar o cenário rodoviário do estado e os resultados alcançados no decorrer deste ano falam por si. Os depoimentos que recebemos são testemunhas vivas da transformação que está moldando o futuro de Sergipe. Com certeza, essas conquistas de 2023 inspiram mais iniciativas, para que possamos construir um estado mais desenvolvido para todos os sergipanos”, afirma o secretário da Sedurbi, Luiz Roberto Dantas

Ao longo do ano, o DER emitiu Ordens de Serviço no valor total de R$ 95.859.588,82, sinalizando um compromisso financeiro robusto com o desenvolvimento da infraestrutura rodoviária. As obras já concluídas representam um investimento de R$ 534.667.127,06, consolidando Sergipe como um protagonista no cenário de desenvolvimento regional. “Foi um ano transformador, seguindo o planejamento estratégico proposto pelo governador Fábio Mitidieri. Estamos orgulhosos de contribuir para o progresso do estado e reafirmamos nosso compromisso em continuar trabalhando para aprimorar ainda mais a infraestrutura rodoviária”, destaca o diretor presidente do DER/SE, Anderson das Neves.

Projetos que Transformam

A construção da rodovia do Caminho de Santa Dulce dos Pobres, localizada entre o bairro Santa Maria, em Aracaju, e a cidade de São Cristóvão, é um projeto iniciado neste ano de 2023 que se destaca, pois, quando pronto, se tornará o maior percurso de peregrinação em pavimentação granítica do país, com 10 quilômetros de extensão. Esta obra promete abrir novos caminhos para o desenvolvimento, conectando comunidades e estimulando o crescimento econômico.

A licitação bem-sucedida de 6 km de rodovia no povoado Jiboia, em Gararu, realizada por meio da Sedurbi neste ano, é apenas o começo. Os outros 40 km, em fase de licitação pelo DER/SE, representam um compromisso contínuo com a expansão da infraestrutura viária do estado.

O edital para a duplicação das Rodovias SE-170 e Lourival Baptista (SE-270), chamado de ‘Quadrilátero do Desenvolvimento’ pelo ministro Renan Filho ao se referir a esta região pujante do estado, reflete a visão de um futuro mais conectado e próspero para Sergipe. O projeto deverá contemplar a duplicação das rodovias que interligam a BR-235 a Itabaiana; Itabaiana a Lagarto, e Lagarto até a BR-101, conectando esses dois grandes polos sergipanos.

Outra intervenção aprovada pela população é a duplicação da pavimentação asfáltica na Rodovia SE-270, em Lagarto, concluída neste ano. Com cerca de 2,02 km de extensão, essa iniciativa não apenas melhora a fluidez do tráfego, mas também impulsiona o comércio local e a qualidade de vida dos moradores. “Ficou ótima, a cidade precisava dessa obra, o trânsito aqui era péssimo”, avalia o morador da cidade, José Geraldo Menezes.

A rodovia SE-100 se destaca como uma das mais extensas e promissoras de Sergipe. Com 202 quilômetros, a via nasce na foz do Rio São Francisco, mais especificamente no Povoado Saramém, em Brejo Grande, e se estende até a divisa com a Bahia, na Linha Verde. Atualmente, restam apenas 15 km para a conclusão da pavimentação asfáltica no trecho do Povoado Santa Isabel, situado entre os municípios de Pirambu e Pacatuba, que já está em obras, e a pavimentação dos 27,26 km do acesso ao Povoado Saramém, em Brejo Grande, que se encontra em processo de licitação. As obras beneficiarão, principalmente, os moradores e comerciantes da região do Baixo São Francisco.

Pontes para o Futuro

Além das rodovias, pontes estratégicas foram construídas, recuperadas e estão em fase de licitação, destacando o comprometimento do Governo de Sergipe com a segurança e a conectividade. A Ponte sobre o Rio Caiçá, em Simão Dias; a Ponte Tobias Barreto/Itabaianinha; e a recuperação da Ponte Construtor João Alves são testemunhas da visão abrangente do estado em promover uma infraestrutura integrada. “Não podemos deixar de citar os esforços de articulação do Governo do Estado com o Governo Federal, neste ano, para a retomada e priorização de obras, como a duplicação da BR-101 e a construção da Ponte Neópolis/Penedo”, completa o secretário da Sedurbi.  

Uma nova era de desenvolvimento também se desenha no horizonte de Aracaju com o anúncio, neste ano, do Governo do Estado da construção de duas novas pontes: a que interligará a avenida Tancredo Neves ao bairro Coroa do Meio, com investimento de até R$ 400 milhões; e a nova Ponte Aracaju/Barra que conectará os municípios de Aracaju e Barra dos Coqueiros sobre o Rio Sergipe. “O Governo de Sergipe deu mais um importante passo em direção à melhoria da mobilidade urbana dos sergipanos. Essas duas obras irão melhorar a mobilidade urbana e fomentarão o desenvolvimento econômico da capital”, ressalta Luiz Roberto.