Com o objetivo de atender as necessidades humanas, o Governo de Sergipe e a  Superintendência Especial de Recursos Hídricos e Meio Ambiente (Serhma), realizou na manhã desta quinta-feira, 12, uma palestra aberta ao público na Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe com o tema “A Gestão Estadual de Recursos Hídricos” a intenção é expor as informações  de interesse público e instruir sobre o funcionamento da temática. 
 
Durante a apresentação, o Superintendente da Serhma, Ailton Rocha, destacou alguns pontos importantes da temática como o exercício de Políticas da Integração, ou seja,  as leis centrais para cumprir durante a gestão. Além da caracterização dos Recursos Hídricos com os tópicos sobre a disponibilidade, demanda e balanço hídrico. Outro ponto abordado foi as ações realizadas pela Serhma, seus programas e formas de cooperação. Por fim, explicou sobre o Planejamento estratégico de 2019- 2022 que tem como foco aprimorar a Gestão dos Recursos Hídricos, concentrando-se em atividades de segurança hídrica e de conveniência com a seca, para assim fortalecer a administração ambiental. 
 
O Superintendente diz que o foco da palestra é tornar pública a forma como a Gestão está conduzida, os principais entraves e os próximos encaminhamentos e destaca  Sergipe no cumprimento da  meta de Progestão. “É uma satisfação muito grande, apresentar nossa parte técnica aos políticos eleitos que representam a sociedade sergipana dando uma transparência aqui na ‘casa do povo’, e todo o trabalho que vem sendo conduzido pela Sedurbs através da Serhma. Sergipe nesse aspectos, tem as informações mais importantes, úteis e relevantes para ser apresentada a sociedade”, afirmou. 
 
E complementou acerca dos pontos mais relevantes contidos no Planejamento Estratégico 2019-2022. “O plano é  muito abrangente e tem ações muitos relevantes. Eu particularmente destacaria a segurança de barragens, a manutenção e implantação de novas unidades de conservação, a política de resíduos sólidos,ações do programa água doce, a implantação de instrumentos de gestão,  o trabalho que é feito de educação ambiental, de gerenciamento costeiro, então temos um espectro muito grande, porque essa é a natureza da superintendência que tem que trabalhar essa transversalidade, então vamos mostrar o planejamento estratégico e os resultados”. 
 
O secretário de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade, Ubirajara Barreto, afirma que temos o domínio de nossas funções mediante ao estado. “Isso significa que temos capacidade de armazenamento e  dessalinização. E tudo isso acontece através dos vários equipamentos presentes nas comunidades, num controle de enchentes e monitoramento e por isso enfatizo a importância desta palestra como resultado do trabalho desenvolvido pelo Governo de Sergipe”, contou. 
 
O colaborador eventual do Projeto Água Doce e também aposentado, Emanuel Messias Pinto Santos, acompanhou a palestra sobre “A Gestão de Recursos Hídricos”  e destacou os pontos em potenciais que ele acredita serem mais pertinentes para sociedade. “O nosso Estado vem sofrendo pela falta de água e através da Sedurbs nós estamos trabalhando no Projeto Água Doce que tem com o objetivo o acesso da água de qualidade para inúmeras pessoas, como também,  o “Águas de Sergipe” que está em período de implantado e que  nos ajudará a  simplificar alguns sistemas do Estado e também será útil quanto uso para os animais e os lares”, explicou. 
 
 
Mas afinal, o  que é a Gestão de Recursos Hídricos? 
 
Cabe ao Gestor de Recursos Hídricos definir uma série de ações destinadas a regular o uso, o controle e a proteção dos recursos hídricos, conforme a legislação lei nº 9.433 de 8 de janeiro de 1997  e as normas respeitantes. Bem como, integrar projetos e atividades com o objetivo de promover a recuperação e a preservação da qualidade e quantidade dos recursos das bacias hidrográficas brasileiras e também atuar na recuperação e preservação de nascentes, mananciais e cursos d’água em áreas urbanas. De modo geral, o objetivo é estimular a  valorização da água em função da sua natureza renovável e fluída.

Fotos



Última atualização: 13 de dezembro de 2019, 11:57 AM por: