“Ficou ótima, a cidade precisava dessa obra, o trânsito aqui era péssimo. Facilitou demais, pois nos horários de pico o trânsito era bagunçado, carros que vinham das duas rodovias e se encontravam com os da cidade provocavam um engarrafamento sem fim. Agora está completamente diferente, serve de exemplo para os gestores fazerem o mesmo dentro das cidades”. Morador da cidade de Lagarto, a 88 km de Aracaju, o contínuo e motociclista, José Geraldo Menezes, 53 anos, afirma que a obra de duplicação melhorou significativamente o tráfego na entrada do mais importante município do Território Centro Sul Sergipano.


Tendo investimentos na ordem de R$ 10.233.198,62, provenientes do Tesouro Estadual, a obra é realizada pelo Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (Sedurbs), tendo o Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária de Sergipe (DER) como órgão executor e compreende a duplicação em pavimentação asfáltica do trecho na Rodovia Lourival Baptista (SE-270), no entroncamento da Rodovia SE-170, no trecho que liga a cidade de São Domingos à sede de Lagarto e ainda no entroncamento da mesma rodovia, no trecho que liga à sede ao município de Riachão do Dantas.


A intervenção foi contemplada com serviços de drenagem, implantação de nova via com duas pistas de rolamento de seis metros cada uma, ciclovia de três metros de largura entre as pistas e acostamento de três metros, sendo 1,5 metros em cada lado, calçadas em concreto nas laterais com rampas de acessibilidade, faixa de pedestres em pontos estratégicos e sinalização vertical e horizontal, totalizando 18 metros de largura, em 2,02 km de extensão, nos quais foram utilizados aproximadamente 5.067,52 toneladas de concreto asfáltico usinado à quente (CAUQ).


Organização e praticidade


Segundo o secretário estadual do desenvolvimento urbano e sustentabilidade, Ubirajara Barreto, a obra se encaminha para a finalização. “Quem passa pelo trecho da rodovia já percebe o quanto a duplicação melhorou a fluência no tráfego. Atualmente os profissionais estão concluindo a sinalização vertical e fazendo os reparos finais, de modo que os serviços estão 95% executados e nos próximos dias a intervenção ficará pronta”, explica.


Morador da cidade e sempre trafegando pelo trecho duplicado, José Leandro dos Santos, diz que a obra causou uma transformação no trânsito. “Circulo diariamente por aqui de carroça e motocicleta e a diferença é muito grande, nem se compara ao que era antes. Não existe mais engarrafamento nos horários de maior movimento, os tumultos acabaram, ficou mais prático, bonito e organizado e nós motoristas não temos mais estresse com o embaraço de carros, motos, caminhões, ônibus e carroças, está transformado, parece outro lugar”, afirma o autônomo de 42 anos.


Para Ubirajara Barreto, a duplicação é um marco para a trafegabilidade na região. “O trecho beneficiado pela intervenção é cercado pelos mais variados tipos de estabelecimentos comerciais e um campus universitário, fica às margens de um futuro shopping center, é passagem para municípios importantes como Itabaiana, Tobias Barreto e Simão Dias e principal acesso à diversas cidades da Região Nordeste da Bahia, logo, a duplicação era algo mais do que necessário, pois, garante a segurança aos moradores da cidade, facilitando o deslocamento, sobretudo em horários cruciais como o início da manhã, o meio-dia, o fim de tarde e início de noite, e proporcionando um impacto altamente positivo, já que diminui consideravelmente o tempo de passagem pela cidade, facilitando o escoamento da produção mineral e agropecuária e o transporte de cargas e de passageiros”, enfatiza.