Com a ocorrência de chuvas acima da média atingindo todo o Estado desde a semana anterior, o Governo de Sergipe atua priorizando as ações do seu Plano Estadual de Proteção e Defesa Civil. Entre essas ações está a oferta de suporte adicional aos municípios, por meio de equipes capacitadas, permitindo uma resposta mais ampla e eficaz diante de situações de emergência.

Foi seguindo essa diretriz que, na manhã desta terça-feira, 23, a Superintendência Estadual de Proteção e Defesa Civil (Supdec), órgão vinculado à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Infraestrutura (Sedurbi), se somou à Defesa Civil de Aracaju para atender a comunidade do Largo da Aparecida, no bairro Jabotiana, zona Sul da capital.

“A Defesa Civil estadual atendeu prontamente o chamamento e disponibilizou o trabalho e a dedicação de 40 soldados do Corpo de Bombeiros para auxiliar na retirada de móveis e utensílios das residências afetadas pelas águas das chuvas”, informa o superintendente da Supdec, tenente-coronel Luciano Queiroz.

Conforme o secretário da Defesa Social e Cidadania de Aracaju, tenente-coronel Silvio Prado, o sistema da Defesa Civil municipal tem determinada capacidade de resposta e, quando esta não consegue atender ocorrências, é solicitado o auxílio da Defesa Civil estadual.

“É um apoio importantíssimo, pois nos auxilia com precisão. A Defesa Civil estadual, inclusive, também atende aos nossos pleitos no que diz respeito à realização de vistorias, avaliações em imóveis e outros”, relata o secretário.

“Estamos em contato com os municípios de todo o Sergipe, constantemente, afinal, são eles que monitoram diariamente as situações vivenciadas pela sua população e podem precisar das ações do governo estadual a qualquer momento”, enfatizou o secretário da Sedurbi, Luiz Roberto Dantas.

Luiz reforça que o Governo de Sergipe, por intermédio da Supdec, ofereceu antes da quadra chuvosa, que compreende os meses de maio a agosto, seminários e cursos sobre Mitigação de Chuvas e Gestão de Desastres, com o objetivo de preparar as coordenadorias de Defesa Civis dos municípios e outros agentes que atuam nesta área. 

 “A preparação das pessoas envolvidas com essas questões têm contribuído para que sejam dadas respostas mais amplas e eficazes diante de situações de emergência. São ações que envolvem esforços conjuntos entre as esferas, e atendem ao intuito do Governo de Sergipe que é proteger vidas, minimizar danos e promover a recuperação das áreas afetadas”, enfatiza Luiz Roberto.  

Registro de ocorrências

De acordo com a Defesa Civil estadual, nas últimas 24 horas ocorreram alagamentos em Nossa Senhora do Socorro; em São Cristóvão moradores de casas localizadas em encostas foram realojados em abrigo público municipal; houve registro de erosões nas rodovias SE-100 e SE-200, em que o DER foi acionado, adotou medidas para o momento e aguarda a diminuição das chuvas para providenciar os reparos efetivos.

Última atualização: 24 de maio de 2023, 11:07 AM